Últimas notícias

Será que o Nubank vai ter dificuldades com os novos rivais?

Imagem de fundo roxo claro com uma mão segurando um smartphone onde mostra o app do nubank aberto.


O Nubank é uma das instituições que no Brasil tem se consolidado mais e mais a cada ano, e com isso vem ganhando muitos fãs por todo  Brasil, tornando-se uma das instituições digitais mais popular, por esse motivo não é de se admirar ver que outras fintechs estrangeiras queiram vir para o Brasil para ser uma concorrente da instituição.

Em breve estará chegando ao Brasil duas novas empresas europeias, uma é a N26 e á outra é Revolut, elas pretendem operar no Brasil logo, logo e talvez poderão se tornar as mais novas concorrentes do “roxo” tão amado dos brasileiros.

Quem são as concorrentes do Roxinho?
Trata-se de uma empresa britânica que é á Revolut, que já chega com mais de 15 MI de usuários e está presente em 35 países atualmente, á segunda empresa ela é alemã, também está prestes a iniciar suas operações no mercado brasileiro e chama-se N26 essa empresa ela até já tentou se inserir no Brasil no ano de 2019, mas precisou recuar por conta do início da pandemia de Covid-19.

Às duas empresas pretendem começar á operar no Brasil no segundo semestre ainda este ano. E vão trabalhar como fintechs de crédito, disponibilizaram contas de pagamento com cartão e também farão financiamento com seus próprios recursos na bolsa de valores o Nubank tem enfrentado algumas dificuldades nos meses anteriores, e por esse motivo acabou tendo que fazer algumas negociações com menos da metade de seu pico.

Arthur Igreja, que é especializado em inovações diz é comum ver muitas instituições que tiveram seu início no Brasil ir embora para o exterior. E já essas fazem o contrário, e ainda vem trazendo um alto faturamento e muita tecnologia envolvida. Ele destacou que elas são pesos pesados ​​e que não são dependentes do momento em que o país se encontra. Enquanto os juros mais altos podem afetar a capitalização das empresas brasileiras a N26 e á Revolut vão estar de boa.  

Apesar do atual cenário devido às instabilidades da fintech, David Vélez o fundador do Nubank, foi recentemente selecionado pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. O executivo apareceu ao lado de outros bilionários da fintech e até do lado do presidente. O presidente colombiano Ivan Duque fez uma observação no perfil do CEO da fintech e diz quê "Vélez desafia o status quo e que hoje o mundo reconhece seu trabalho". 

O Presidente colocou em destaque o trabalho do executivo de estar realizando o cesso aos serviços financeiros em toda América Latina. E destaca que o Nubank se tornou um dos bancos digitais mais populares entre os jovens. Divulgando os seus resultados do primeiro semestre e destacando o lucro já ajustado de US$ 10,1 MI.

Enfim, você gostou deste artigo?
Portanto, Inscreva-se no canal do YouTube e em nossas redes sociais (como TwitterInstagram). Portanto, você estará atento a todos os assuntos relacionados ao banco digital, cartões de crédito, empréstimos, tecnologia financeira. 

Sem comentários

Muito obrigado por deixar sua opinião ela e muito importante.