Últimas notícias

Ainda é possível resgatar o PIS/Pasep em 2021? Confira.


Quem trabalha e tem saldo disponível no abono salarial PIS / Pasep poderá sacar recursos do calendário 2020 a 2021 até 30 de junho. O cronograma refere-se ao período oficial de trabalho em 2019

No prazo, muitos beneficiários perderam a oportunidade de sacar fundos. No entanto, de acordo com a Resolução nº 838 do Comitê de Revisão do Fundo de Apoio ao Trabalhador do Codefat, emitida em 24 de setembro de 2019, o trabalhador ainda pode sacar fundos.

Por exemplo, aqueles que perderem a retirada deste ano poderão resgatar o dinheiro dentro de cinco anos após o término do cronograma de liberação. No entanto, se as regras se aplicarem, o dinheiro só pode ser retirado no calendário do próximo ano.

Caixa Econômica Federal trabalhadores da empresa privada recebem no caso o PIS pelo Banco do Brasil, no caso de militares e servidores públicos que se qualificam para a empresa pública do Pasep. Os beneficiários de cada plano podem entrar em contato com suas respectivas agências para obter mais informações sobre cada plano.

O PIS / Pasep aplica-se aos trabalhadores que receberam o salário mínimo no máximo duas vezes no ano base, ingressaram no PIS / Pasep há cinco anos ou mais e trabalharam oficialmente (ou seja, têm carteira de trabalho assinada) há pelo menos 30 dias em o ano base.

Se quiser resgatar o abono, ainda é preciso obter os dados corretamente informados pelo empregador na Lista Anual de Informações Sociais (Rais). Quanto ao valor do subsídio, este varia em função do número de meses de trabalho. O valor máximo ofertado é o salário mínimo, atualmente 1.100 reais.

Enfim, você gostou deste artigo? 

Portanto, Inscrva-se no canal do YouTube e em nossas redes sociais (como TwitterInstagram, e Telegram). Portanto, você estará atento a todos os assuntos relacionados ao banco digital, cartões de crédito, empréstimos, tecnologia financeira.

Sem comentários

Muito obrigado por deixar sua opinião ela e muito importante.